Paroxetina → remédio para Ejaculação Precoce VALE A PENA?

Pondera ou paxil são nomes comerciais do cloridrato de paroxetina que é um forte antidepressivo SSRI (inibidores seletivos da receptação da serotonina) que alguns médicos prescrevem para a ejaculação precoce.

Assim como outros antidepressivos, funciona ajustando os níveis de serotonina no cérebro.

A serotonina é uma substância química que transporta mensagens entre as células do cérebro.

Nos homens que sofrem de ejaculação precoce, a serotonina parece ser menos ativa na parte do cérebro que controla a ejaculação.

O Pondera/paxil aumenta os níveis de serotonina e permite atrasar a ejaculação e durar mais tempo na cama.

Paroxetina esta disponível apenas por prescrição medica, mas em alguns sites você pode obter sem receita. É apresentado como capsula, e tomado pela manhã.

Paroxetina para ejaculação precoce – como usar?

paroxetina para ejaculação precoce

O mais recomendado é que você comece a usar pouco a pouco, primeiro tente tomar quando necessário, entre 2 a 12 horas antes do ato sexual. Se isso não funcionar, então você pode tomar diariamente.

Nos primeiros 10 dias de uso, a concentração de fármaco no sangue atingirá um nível constante. No entanto, você tem que esperar de 2 a 4 semanas antes de ver uma melhora real no controle da ejaculação.

A dose para começar é geralmente 20 mg por dia. Mas, se for o caso, o seu médico pode aumentar gradualmente até uma dose diária de 40 mg.

Se não houver melhora dentro de 6 semanas, ou se você tiver muitos efeitos colaterais, seu médico provavelmente vai parar o tratamento.

Se o pondera não surtir efeito com a ejaculação precoce, o seu médico pode receitar outro antidepressivo para tentar novamente. Se o segundo antidepressivo SSRI não lhe ajudar com os seus problemas de ejaculação prematura, o uso deste tipo de medicamento deve ser descartado.

Você não deve usar a paroxetina para ejaculação precoce sem supervisão médica. Especialmente importante se já estiver se medicando com outros remedios ou se tiver alguns problemas de saúde.

Avisos e precauções ao usar a paroxetina para a ejaculação precoce

É contra indicado caso a pessoa apresente:

  • Você tem problemas com o fígado ou os rins.
  • Você tem um histórico de distúrbios convulsivos.
  • Você tem ou teve transtorno maníaco-depressivo.

Você não deve beber álcool enquanto estiver tomando paroxetina.

A paroxetina pode causar problemas se for usada em conjunto com outros remédios.

Você deve ter muito cuidado com sua alimentação, uma vez que a serotonina é produzida no cérebro por outra substância química chamada triptofano. O triptofano entra no cérebro por meio de alimentos ricos em proteínas, como peru e leite (e outros tipos de carne e laticínios).

Efeitos colaterais da paroxetina

No momento em que você toma paroxetina, pode ter alguns efeitos colaterais negativos, como:

  • Boca seca
  • Nervosismo
  • Constipação
  • Náusea
  • Tontura
  • Tremores
  • Insônia
  • Diarreia
  • Diminuição do apetite

Isso acontece raramente, mas você também pode sentir um pouco de tontura ao levantar-se de uma posição sentada ou deitada, ansiedade, distúrbios urinários, erupções cutâneas e fraqueza muscular.

Tome uma forte consideração dos efeitos colaterais antes de passar por este tratamento para a ejaculação precoce.

Pergunte ao seu médico antes de tomar a decisão de se automedicar para eliminar a ejaculação precoce.

Consultar um profissional de saúde é o melhor antes de se submeter ao tratamento com medicamentos que possam afetar gravemente a sua saúde.

Eu sugiro que, se você quiser controlar a ejaculação precoce, use outros métodos muito menos agressivos, pois eles são drogas e um resultado muito melhor, um dos melhores métodos é o uso de pomadas para ejaculação precoce como o macho macho CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS.

pomada ejaculação precoce

Paroxetina → remédio para Ejaculação Precoce VALE A PENA?
4.7 (94.96%) 119 votoss

Leave a Reply